Tag Archives: album release

namoWoman : entre mundos de sexualidades, dualidades e tonalidades

 
namoWoman :: In between worlds of sexualities, dualities and tonalitiesSalim Ghazi Saeedi Performing

Irã, Teerã – Recriando-se, os artistas transcendem seu tempo e local e agora Salim Ghazi Saeedi procurou ignorar a vida em sua cidade natal, Teerã, compondo seu sexto álbum, namoWoman. Um álbum instrumental de metal avant-prog e progressivo, namoWoman utiliza influências microtonais da música persa enquanto introduz uma nova língua artificial (uma conlang) chamada “l3abEl” (lê-se Babel), na qual está escrito o encarte do álbum.

Salim é o homem de extremos na busca incessante pela reconciliação e harmonização entre os elementos mais contraditórios. Ao desenvolver-se como um artista do rock/metal num ambiente estranho ao rock como sua terra natal ou se expressando em meios personalizados como sua própria língua construída, tudo soa natural ao seu estilo de vida. Em seu álbum de 2012, Salim empregou uma abordagem microtonal expressionista no rock/metal de arte que ele mesmo descreve como “espaços vazios preenchidos com guitarras elétricas selvagens ocasionais e melodias expressivas entremeadas de elementos de dança oriental encobertos”.

Quanto aos conceitos por detrás da composição de namoWoman, Salim conta: “Eu sempre achei admitir a impossibilidade um truque importante contra a minha mente – uma mente humana que normalmente prefere métodos de cognição indutivos e padronizados”. E acrescenta: “Como artista, criar e explorar domínios mentais ainda inexplorados sempre me fascinou e para desafiar minha mente a adentrar em novas possibilidades, eu gosto de experimentar em torno de conceitos fundamentais como a sexualidade humana. Ideias como considerar a sexualidade humana além de sua natureza dualista me permitem assumir uma nova atitude e ter fascinações pelos mundos de vida baseada não no carbono, gradualmente alimentando minha criatividade para o namoWoman. Talvez possa dizer que essa atitude forçou minha mente a responder em níveis vitais e desafiou sua própria existência…”

A capa do álbum traz a pintura da Medusa de Caravaggio, que segundo Sigmund Freud é “o talismã supremo que dá a imagem de castração”. Salim explica: “o arranjo da capa de namoWoman é uma representação simbólica, como se a forma de transformar o conceito dualista passasse por castrar a identidade sexual de alguém e reconstrui-la de novo. Todas as músicas neste álbum surgem como perspectivas desses domínios criativos”.

Nele, os quartos de tom da música persa surgem entre intervalos da música ocidental – como Salim destaca em um artigo de teoria musical em seu site “Modos persas: Lendo as entrelinhas da música ocidental”. Enquanto os quartos de tom harmonizam a linguagem musical do álbum namoWoman, a língua construída l3abEl que acompanha o encarte tenta estabelecer a harmonia no reino das palavras.

namoWoman está disponível em formato digital e em CD, em www.salimworld.com/album-namowoman.htm

namoWoman coverTrack Listing

1. namoW
2. nam
3. amo
4. moW
5. oWo
6. Wom
7. oma
8. man
9. Woman

Published: October 19, 2012 | Comments: 0

Human Encounter: Uma história sem censura do encontro de um músico iraniano com você!

Human Encounter (2011)Irã, Teerã – O músico Iraniano Salim Ghazi Saeedi lançou seu 5º álbum, “Encontro Humano”. Este é um álbum conceitual com uma história reforçada pelas experiências reais da vida do artista. A maioria das canções são dedicadas a eventos de sua vida ou aos seres humanos que ele adora. Aqui está a história completa:

Ao chegar à Terra em 1981, eu involuntariamente fiz contato com a raça humana. Com exceção de alguns encontros estimulantes, o resto me pareceu escuro e feio. “Encontro Humano” é meu diário desses encontros. Este álbum é dividido em duas categorias:

O “lado negro” reflete as experiências desagradáveis. Percebi que os seres humanos têm uma tendência a dar um nome a tudo, e em seguida, o interpretam de maneira errada. Portanto, não me importa o que realmente querem dizer com uma palavra como “mal”, mas não há dúvida de que os próprios seres humanos são a principal fonte de dor, terror e destruição na Terra.

O “lado bom” reflete os prazeres que eu encontrei neste planeta. Eu acho que nenhum prazer na terra acontece sem a intervenção dos seres humanos, então as músicas correspondentes são dedicadas aos seres humanos individuais. É claro que, à primeira vista, a Terra parece fisicamente atraente, mas essas são apenas caraterísticas temporárias. Só é imortal o que um homem faz.

Agora ao deixar este planeta, vou sentir saudades de algumas poucas pessoas como aquelas que eu nomeei no “lado bom” … Que os outros apodreçam no abismo do tempo!

“Human Encounter” está disponível em formato MP3 e CD em www.salimworld.com . Assista também ao trailer deste álbum em http://youtu.be/ic7wo-lu9Mo

Track Listing:
1. Human Encounter Prologue
DARK SIDE
2. Lustful Feast of Flesh
3. You Many One Devils (dedicated to rulers of past, present and future)
4. Lonesomeness
5. Sadistic Teacher (dedicated to my 4th grade teacher)
6. City Bombardment (dedicated to 1980 Iran-Iraq war bombs)
BRIGHT SIDE
7. For Eugene, Distilling the Delicacy (dedicated to Eugene de Blaas 1843-1931)
8. For Ali, Who Does Live Many Births Mercifully
9. For Kurt, The King Without Crown (dedicated to Kurt Cobain 1967-1994)
10. For Thelonious, and His 88 Holy Names (dedicated to Thelonious Monk 1917-1982)
11. For Jeremy, Embodying the Mastermind (dedicated to Jeremy Brett 1933-1995)
12. Unknown Red-Skirt Girl, Who Vanished Before My Eyes in 1995

Published: October 19, 2011 | Comments: 0